Patatera

Enchido com batata e abóbora

A patatera é um enchido típico de Cáceres e do resto da Extremadura, composto por cachaço de porco ibérico e batata cozida condimentada com sal e Pimentón de la Vera, alho e especiarias e curado em secadeiro. Também é conhecido com o nome de «chorizo patatero».

Como muitos outros, a patatera é um enchido nascido nos tempos da escassez, quando a falta de carne era suprida com batata para aumentar a quantidade do produto da matança. A utilização da batata e da abóbora no caso da patatera de abóbora suaviza agradavelmente o sabor e faz com que este enchido seja barrável, o que o torna tão peculiar.

É uma mistura de porco ibérico e batata em puré. Os ingredientes necessários são 50 % de batata, 40 % de gordura de porco ibérico, 10 % de carne magra, sal, alho, Pimentón de La Vera. Para a sua elaboração, coze-se a batata, pica-se e enche-se com os restantes ingredientes.

A sua aparência exterior, devido ao conteúdo do pimentão, é muito semelhante ao chouriço embora, ao contrário deste, a textura interior da patatera permita o seu consumo em rodelas ou barrado em pão torrado com um fio de mel, ou como aperitivo ou entrada. Pode ter a forma de ferradura ou de tripa reta.

Na geografia provincial, a patatera está presente em várias festas onde as diferentes corridas ou reuniões convidam à presença de patateras, como acontece no Día de los Caballos de Ceclavín.

Em Malpartida de Cáceres, a patatera adquire pleno protagonismo no dia mais importante do seu Carnaval. É a denominada Fiesta de la pedida de la patatera, um dia festivo que vem acontecendo desde o séc. XIX. 

Por ser um enchido humilde, foi popularizado na tradição dos «quintos» (jovens que se alistavam no serviço militar) pedir pelas ruas na Terça-feira de Carnaval algo para comer e celebrar assim a chegada iminente da Quaresma.

Os moradores, por ser o produto mais económico da matança, era o que davam aos jovens. Daí vem a tradição e festa da La Pedida de la Patatera. Uma tradição que foi reavivada em 1986 e que, todos os anos, atrai mais habitantes e turistas que se reúnem na Plaza Mayor e ruas adjacentes.

O valor da festa radica na originalidade de celebrar um Carnaval de dia, em ver como a festa evoluiu e, sobretudo, por se tratar de uma festa intergeracional, em que convivem avós, pais, filhos e netos.

Em imagens

Alt

Se você gosta Patatera você também vai gostar...

Alt

Pimentón de La Vera

O pimentón de La Vera começa a sua história na província de Cáceres graças ao imperador Carlos V. O afamado pimentão, que atualmente conta com a Denominação de Origem Protegida Pimentón de La Vera...

Alt

Azeite Gata-Hurdes

A DOP Gata-Hurdes integra as regiões de Gata, Hurdes, Trasierra Tierras de Granadilla, parte de Alagón, Ambroz, Jerte e La Vera e inclui 84 municípios do norte da província de Cáceres.

Alt

Tomates

A vila de Miajadas, situada a sul da província de Cáceres, está estreitamente vinculada ao regadio, onde se destacam os cultivos de arroz e de tomate. Este último é a fonte principal da sua...

Alt

Mel Villuercas Ibores

O mel como Denominação de Origem Protegida Miel Villuercas-Ibores é um produto natural produzido pelas abelhas Apis mellifera. A zona geográfica tradicional de produção Miel Villuercas-Ibores está...

Mais coisas que você pode encontrar em Cáceres

Alt

Conjunto Histórico de Cáceres

A 21 de janeiro de 1949 foi publicado o Decreto de declaração de Cáceres como Conjunto Monumental e, em 1986, a UNESCO incluiu o Conjunto Histórico de Cáceres na lista mundial do Património da...

Alt

Cidade monumental de Cáceres

A topografia condicionou o desenvolvimento urbanístico de Cáceres por se encontrar num elevado terreno desigual, entre a Serra de la Mosca e a Sierrilla, sobre um solo de quartzitos endurecidos e...

Alt

Festas de interesse turístico

A província tem uma festividade de Interesse Turístico Internacional e duas festividades foram declaradas de Interesse Turístico Nacional. A primeira, e mais importante, é a Semana Santa de...

Alt

Artesanato

Cáceres é história, é cultura, arte, natureza... e a sua gente. Os habitantes que deram caráter a estas terras, aos seus recantos, foram os seus protagonistas durantes séculos e souberam conservar...

Servicios turisticos

No Instagram... #instacaceres